Quanto tempo de exercício é preciso para queimar as calorias dos alimentos que consumimos? Descubra!

Você sabe quantas horas precisa correr, caminhar ou gastar em supinos e abdominais na academia para queimar as calorias daquele Xis que degustou com fritas e refrigerante? 

Abaixo tem uma lista de quanto devemos fazer de exercício para cada alimento consumido. Lembrando que este é um cálculo muito relativo, que varia de acordo com a pessoa e o tipo de exercício escolhido. Mas já dá para ficar preocupado só de pensar que para queimar uma inocente fatia de pizza de calabresa é preciso caminhar por 1 hora.

Recentemente, pesquisadores da escola Bloomberg Johns Hopkins, nos Estados Unidos, defenderam que se as pessoas tivessem essa informação disponível nos rótulos dos produtos, pensariam duas vezes antes de consumir determinado alimento.

Segue a lista:

 

Bife à Parmegiana (200g – 700Kcal):

Caminhada: 2h07min

Musculação: 2h20min

Corrida: 1h10min

 

Refrigerante (200mL – 115Kcal):

Caminhada: 20 min

Musculação: 23 min

Corrida: 11 min

 

 Lasanha (300g – 620Kcal):

Caminhada: 1h52min

Musculação: 2h04min

Corrida: 1h02min

 

Cerveja (300mL – 126Kcal):

Caminhada: 22 min

Musculação: 25 min

Corrida: 12 min

 

Pão Francês (50g – 135Kcal):

Caminhada: 24 min

Musculação: 27 min

Corrida: 13 min

 

Sorvete de Creme (2 bolas – 150Kcal):

Caminhada: 27 min

Musculação: 30 min

Corrida:   15 min

 

Chocolate (100g – 611Kcal):

Caminhada: 1h51min

Musculação: 2h02min

Corrida: 1h

 

Pastel de queijo (150g – 340Kcal):

Caminhada: 1h

Musculação: 1h08min

Corrida: 34 min

 

Cachorro-quente simples (300g – 304Kcal):

Caminhada: 55 min

Musculação: 1h

Corrida: 30 min

 

Batata Frita (20 tiras – 260Kcal):

Caminhada: 47 min

Musculação: 52 min

Corrida: 26 min

 

Os valores diários utilizados nos rótulos das embalagens de alimentos brasileiros têm como referência uma dieta de 2 mil calorias. Uma hora de caminhada, por exemplo, queima em média 330 calorias, quase o mesmo que há em uma fatia de pizza calabresa. A regra para quem quer manter o equilíbrio segue a matemática: é preciso gastar mais e ingerir menos.

As diferenças biológicas, o ritmo circadiano e a aptidão motora e mental influenciam no gasto calórico. O tipo de exercício depende também do estilo de vida de cada pessoa. O ideal seria praticar exercícios diariamente, aeróbios, localizados e funcionais. 

Bora mexer esse esqueleto que eu sei que você jacou no fim de semana!

 

 

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C ❤

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://www.curtamais.com.br/goiania/quanto-tempo-de-exercicio-e-necessario-para-queimar-as-calorias-de-cada-alimento-que-consumimos

https://diariosm.com.br/descubra-quantas-horas-de-exerc%C3%ADcio-voc%C3%AA-precisa-para-gastar-as-calorias-ingeridas-1.2023738

Imagens: Google

 

 

Coisa de Homem: Novembro Azul

O Novembro Azul é um movimento de conscientização sobre o câncer de próstata, tendo como símbolo da campanha o famoso bigode. Esse movimento começou em 2003, na Austrália, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado no dia 17 de novembro.

No Brasil, a campanha chegou por intermédio do Instituto Lado a Lado pela Vida a fim de vencer o preconceito pelo lado dos homens, com relação ao exame de toque.

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

O que é a próstata?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma. Esse tipo de neoplasia pode demorar a se manifestar, portanto, é importante a realização constante de exames preventivos a fim de que a descoberta não seja feita com o tumor já em estágio avançado.

Os principais sintomas são:

  • Vontade constante de urinar
  • Dores ao urinar
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen
  • Dores ósseas

Entre os fatores de risco estão:

  • Histórico de câncer de próstata na família (pai e irmãos)
  • Etnia negra (os homens negros têm maior incidência desse câncer)
  • Obesidade
  • Alimentação inadequada
  • Sedentarismo

Infelizmente, não é possível evitar a doença. No entanto, as chances de cura são de quase 90% quando diagnosticada precocemente.

Os homens a partir dos 45 anos, com fatores de riscos, ou com 50 anos, sem fatores de risco, devem ir ao urologista anualmente para fazer os exames de avaliação da glândula.

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

O câncer de próstata é uma doença que demora a apresentar sintomas. Cerca de 20% dos casos não conseguem ser diagnosticados através do exame sanguíneo (PSA).

O exame de toque retal permite que o médico avalie possíveis alterações na glândula, como o endurecimento, sendo o método mais preciso para a identificação de nódulos suspeitos.

Portanto, o exame sanguíneo é complementar ao exame digital retal na busca de um diagnóstico precoce.

Tratamento

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como estado de saúde atual, estadiamento da doença e expectativa de vida. Em casos de tumores de baixa agressividade há a opção da vigilância ativa, na qual periodicamente se faz um monitoramento da evolução da doença intervindo se houver progressão da mesma.

 

Muitos homens olham para o exame de prevenção com preconceito, mas é justamente a prevenção que vai poder salvar sua vida. Homens, se cuidem. Só se vive uma vez então viva com saúde e da melhor maneira possível!

 

 

O blog Coisas de Larissa apoia o Novembro Azul!

 

Repasse essa ideia para o maior número de pessoas possíveis.

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C ❤

 

 

 

Você também poderá gostar de:

Outubro Rosa

Exercícios em Casa

Bons hábitos para adquirir já!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:http://bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/2535-novembro-azul-mes-mundial-de-combate-ao-cancer-de-prostata

http://hcp.org.br/index.php/prevencao-e-tratamento

Imagens: Google

Melhores roupas para Malhar

As roupas de academia nunca estiveram tão em evidência quanto agora. A procura por um estilo de vida mais saudável tem sido cada vez maior, mas muitas pessoas não tem tanta informação a respeito do que comprar, o que vestir para malhar, qual roupa é mais adequada para qual modalidade…

Esse post está recheado de dicas legais sobre o assunto. Bora ver?!

 

ROUPAS ESPECÍFICAS

A primeira coisa que você precisa saber é se precisa mesmo de uma roupa específica para praticar atividade física, e já começamos com a resposta: SIM. Existem algumas necessidades do seu corpo que só são bem atendidas se você estiver usando a roupa certa, com certas características, que muitas vezes você nem percebe.

As roupas de academia tem tecidos específicos. Por isso, hoje existem os tecidos que são os mais adequados para absorver a umidade, permitir a respirabilidade da pele, a evaporação do suor, e alguns ainda oferecem proteção contra os raios UV, uma ótima pedida para quem pratica atividade física ao ar livre.

Geralmente quem pratica atividade física regularmente precisa usar suas roupas de academia todos os dias ou em dias alternados. Essas roupas precisam ser lavadas com muita frequência, e precisam estar prontas para serem usadas em seguidas, e estarem com boa aparência. Os tecidos específicos tem um papel fundamental nesta manutenção diária, pois secam mais rápido, não exigem que sejam passados (pelo contrário, não devem ser passados) e ficam prontos para serem usados em pouco tempo.

Escolha roupas com tecidos de fibras naturais, como o algodão ou o linho. Eles têm mais mobilidade, absorvem o suor e secam mais rápido. Se você quer otimizar o treino, pode optar por aqueles tecidos com maior aderência que permitem uma melhor transpiração do corpo. Lycra e o dri-fit são boas opções para esse objetivo! Fuja de tecidos sintéticos.

 

OBS: É fundamental avisar: não vá malhar de jeans, ok? Mesmo se for uma bermuda, esse tipo de tecido não foi feito para malhar e, além de pesar e não te ajudar em nada na hora do treino, pode irritar a sua pele.

 

 

DICA PARA QUEM ESTÁ ACIMA DO PESO

Se você está mais acima do peso, opte por bermudas mais compridas, na altura do joelho, e por roupas mais largas. Camisetas ou regatas cavadas e bermudas mais curtas podem, inclusive, prejudicar seu treino e te atrapalhar na hora de correr ou praticar algum exercício de musculação, podem, também, causar lesões nas coxas e também na parte inferior do braço por causa do atrito.

 

MEIAS

Meias fazem uma diferença! Apesar de ser óbvio, tem gente que insiste em malhar com a mesma meia social que usou no trabalho porque foi correndo para a academia. Não faça isso. Troque a meia por meias com algodão em sua composição. Elas absorvem o suor, diminuem o atrito e evitam o mau cheiro.

 

O QUE USAR NO FRIO?

Pensando em praticar atividade física em baixas temperaturas? Se a academia não for climatizada ou se você costuma malhar ao ar livre, preste o dobro de atenção na roupa escolhida! Os exercícios deveriam ser praticados em temperatura média de 20 graus. O frio é uma agressão ao corpo. Exercitar-se em marcas inferiores a 14 graus representa risco à saúde porque ocorre uma vasoconstrição que faz com que o sangue não chegue suficientemente onde deveria – e o organismo sente muito.

Saia de casa agasalhado – com uma calça mais quente em cima do short ou do legging – e só tire essas peças quando for aquecendo o corpo. Quando estiver com muito frio, vista a calça comprida com tecido tecnológico, de preferência, uma camiseta de manga longa e até uma jaqueta corta-vento. Ao ar livre, não tenha medo de usar gorro e luvas. Você também pode optar por peças mais justas, como leggings e segunda pele, que deixam menos espaço para a passagem de ar.

 

DÚVIDA: fazer exercícios com muita roupa ajuda a emagrecer?

A resposta é NÃO e esse tipo de estratégia deve ser evitada: O excesso de roupa pode acelerar o processo de elevação da temperatura corporal e, consequentemente, provocar a desidratação.

 

QUAIS PEÇAS EU DEVO TER NO MEU GUARDA-ROUPA?

*Calça legging

Provavelmente a legging foi a primeira peça de roupa de ginástica que veio à sua cabeça quando viu este post, não foi? Sem dúvida é uma das mais usadas em quase todas as modalidades: caminhada, corrida, musculação, etc. Ela é prática, confortável e é aquele tipo de roupa que você sabe que pode sempre usar porque não tem erro.

 

*Top

Nem pense em usar seu sutiã do dia a dia para malhar! Já está mais do que provado que os seios precisam de sustentação extra para suportar a amplitude dos movimentos, especialmente nos exercícios de impacto. Mas os seios também não podem ficar muito apertados para que a circulação não fique prejudicada na região. Então, qual a roupa ideal nesse caso? O Top Fitness!

 

*Camiseta/Regata

 Além da básica camiseta branca, procure variar as cores e estampas das camisetas e regatas fitness. Tenha várias opções de camisetas e regatas, primeiro porque você vai ter que usar uma por dia, e segundo porque você poderá ter diversas opções de looks. Lembre-se de ter algumas peças de manga comprida!

 

*Short e short-saia

Se você gosta de ficar com as pernas a mostra, então vai preferir usar um short ou short saia para se exercitar. O short saia é uma evolução do modelo de short comum, ainda mais feminino e charmoso. E super prático, já que é uma roupa que sai facilmente da academia e te acompanha em vários lugares. Essas peças multi-uso tem tido grande aceitação por parte dos consumidores, pois não deixa de ser uma forma econômica de ver uma roupa. O short saia não deixa o quadril marcado, pois a saia fica soltinha e leve, e oferece a segurança de andar onde quiser pois o short também está lá para garantir contra qualquer vento mais forte!


 

 

Essas peças já estão ótimas para compor seu guarda-roupa fitness, mas caso você queira ousar um pouco veja as opções abaixo:

 

*Body

O Body é uma peça comum entre as bailarinas, e tem tomado conta dos closets fashionistas há algumas temporadas. Para fazer exercícios como o Ballet, Ballet Fitness e várias modalidades de dança, é usado com short-saia, legging ou saia de balé, e é muito confortável e fresquinho. O que caracteriza um body é o fecho na parte de baixo, o que o deixa mais prático para colocar e tirar. É aconselhável usar calcinha por baixo, mas sutiã ou top só se seus seios forem muito grandes. Alguns possuem bojos, o que pode ajudar a melhorar o resultado do look se este for o seu desejo.

 

*Macacão

Primeiro surgiram os macaquinhos fitness, uma peça única de bermuda e top, que acabou tomando conta das academias e evoluindo para o macacão fitness, que virou tendência abraçada por mulheres do Brasil inteiro. As marcas de moda fitness foram responsáveis pela evolução do design dessas roupas, pois começaram a produzir macacões belíssimos, que misturam tecidos de texturas e cores diferentes, fazendo um jogo de contrastes e cortes que valorizam o corpo da mulher, deixando decotes no colo e nas costas estrategicamente trabalhados para que elas se sintam poderosas ao vestirem um macacão.

 

*Vestido fitness

moda fitness acompanhou a evolução do desejo do público feminino, e tem atendido às expectativas com produção de peças como os vestidos fitness – que aliás é uma outra evolução dos macaquinhos fitness, assim como o macacão. Os modelos de vestidos são super bem trabalhados, valorizam as curvas e sempre trazem tendências fashionistas nas cores, nos tecidos ou em detalhes como as tiras, um elemento de sucesso que veio da moda internacional e chegou a quase todas as marcas fitness.

 

Conforto em primeiro lugar sempre!

 

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://manualdohomemmoderno.com.br/fitness/qual-e-melhor-roupa-para-malhar

https://manualdohomemmoderno.com.br/fitness/qual-e-melhor-roupa-para-malhar

https://todaemforma.com.br/qual-a-melhor-roupa-fitness/

Imagens: Google

Parece fitness mas não é!

Já parou para pensar em quantos alimentos consumimos achando que são saudáveis, fitness, mas não são?

Existem inúmeros alimentos no mercado que parecem ser saudáveis, mas são uma “bomba” para nosso corpo. Eles prometem facilitar sua vida com soluções rápidas para acabar com sua fome, sem conter muitas calorias, porém acabam prejudicando sua dieta mais do que eles ajudam.

Separei uma lista com alguns desses alimentos, confira:

 

1- Barrinha de cereal

Muita gente acaba trocando o pão de queijo no meio da tarde por barrinhas de cereal, na certeza de estar fazendo uma boa escolha. Mas cuidado: muitas são cheias de xarope de milho – rico em frutose -, açúcar e gordura saturada. Antes de sair pegando (especialmente aquelas com chocolate…) vale olhar bem os ingredientes. Se não, é trocar gato por lebre!

*Quantidade: 1 unidade (30 g)

  • Calorias 144 kcal
  • Gorduras 8,8 g
  • Sódio 74 mg

144 kcal é um número alto para apenas uma barrinha de 30 gramas. Seja como for, o melhor a se fazer é ler sempre o rótulo dos produtos para verificar essas informações e evitar levar algo que não faça bem para você.

 

2- Chocolate diet

É o seu “docinho do dia”? Pois repense. Ele é indicado para pessoas que têm diabetes. Então sim, ele tem menos açúcar. Mas pra garantir sabor e consistência semelhantes ao “de verdade” eles adicionam… gordura!

*Quantidade: 1 unidade (25 g)

  • Calorias 129 kcal
  • Gorduras 9,9 g
  • Sódio 23 mg

 

 

3- Suco de caixinha

Pensou que era só falar não pro refri, né? Não é bem assim! Optar por sucos prontos (de caixinha ou de latinha) não te beneficia em quase nada. Há muito açúcar, conservantes e até sódio! Fora que quase todas as vitaminas das frutinhas são perdidas no processo de industrialização. Fuja!

*Quantidade: 1 copo (200 ml)

  • Calorias 90 kcal
  • Carboidratos 21 g

Ele não parece ser tão ruim, mas vale lembrar que os conservantes e o açúcar presentes nele não são informados…

 

4- Granola

Ela, realmente, está na moda! Um grande número de pessoas escolhe este alimento para fazer parte de pequenos-almoços e lanches ao longo do dia. Mas o que muitos se esquecem, é o fato da granola ser constituída por um enorme conjunto de amêndoas, cereais, sementes e nozes. Para dar mais sabor, geralmente, é adoçada com mel ou melaço. Tudo isto faz da granola um produto com grande teor de açúcar e gordura.

*Quantidade: 100 g

  • Calorias 471
  • Gorduras Totais 20 g
  • Sódio 294 mg

Isso mesmo, 100 gramas de granola contem 471 calorias e 294 mg de sódio!!!

 

5- Peito de peru

Na família dos embutidos, ele é o “menos pior”. Porém, temos de lembrar que ele ainda é uma carne processada e possui muito sódio em sua composição, aumentando as chances do aparecimento de uma doença cardíaca. E não é só isso, o sódio pode ainda te deixar desidratada, e fazer seu corpo ficar mais inchado.

*Quantidade: 2 fatias (50 g)

  • Calorias 60 kcal
  • Sódio 360 mg

 

6- Gelatina

Falar que o colágeno presente na gelatina faz bem à pele é um total equívoco, pois a quantidade presente dessa proteína é muito pequena e não traz o benefício esperado. E pra piorar a versão industrializada ainda está cheia de corantes, acidulantes, aromatizantes, açúcar ou adoçante.

*Quantidade: 2 colheres de sopa (5,6 g) – Gelatina Zero

  • Sódio 194 mg
  • Calorias 18 kcal

 

7- Açaí

A fruta em si é um alimento saudável, o ruim é este açaí consumido em grandes cidades, cheio de xarope de glicose com guaraná, e ainda possui alto teor de açúcar. Além de ter muita gordura, o açaí também é uma bomba de calorias. O melhor a se fazer é procurar a versão pura para consumir — com moderação.

*Quantidade: 1 copo (300 ml)

  • Calorias 451 kcal
  • Carboidratos 79 g

 

8- Cereais integrais

A grande maioria dos cereais integrais contém um elevado nível de açúcar, que muitas vezes é tão alto quanto o teor daqueles cereais de chocolate que já têm a fama de açucarados. O ruim dele é o alto nível de açúcar — e esta informação não aparece nos fatos nutricionais. Então tenha em mente que existem opções mais saudáveis como flocos de aveia, pão escuro e tostas integrais.

*Quantidade: 1 pacote (30 g)

  • Calorias 130 kcal
  • Carboidratos 18 g

 

O que vocês acharam dessa lista? Se surpreenderam com algum desses alimentos?

 

 

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.fabiomedina.com.br/2018/07/12/alimentos-que-parecem-fitness-mas-nao-sao/

https://revistaglamour.globo.com/Beleza/Fitness-e-dieta/noticia/2015/01/parece-saudavelmas-nao-e-os-alimentos-que-so-te-enganam.html

Imagens: Google