Cuide de sua saúde mental

O estresse ainda não é oficialmente considerado uma doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas, em função de cerca de 90% da população do planeta sofrer do mal, a entidade já alertou para uma epidemia global. Hoje em dia, o estresse é visto, pela maior parte da comunidade médica tradicional, como um conjunto de sintomas físicos e emocionais que pode levar a outras patologias. A lista de problemas de saúde que podem surgir em função do estresse é imensa. Alguns deles são alergias, transtorno de pânico, infecções causadas por baixa imunidade, depressão, asma , bronquite, contração muscular crônica, enxaqueca, gastrite, obesidade e alguns tipos de câncer.

Algumas pessoas por conta do estresse podem sofrer um AVC ou mesmo um enfarto, isso é muito preocupante!

O estresse acaba com nossa saúde física e principalmente com nossa saúde mental/emocional.

Eu trabalhei em uma empresa onde a cobrança por metas e objetivos eram constante, vivíamos sobre constante pressão e o cansaço emocional foi inevitável.

Tinha dias em que eu chegava em casa tão carregada emocionalmente que a única coisa que eu fazia era chorar sem parar.

Eu chorava de cansaço, acredite se quiser! Era um choro de esgotamento.

Não tinha cansaço físico mas sim mental, esse é o pior tipo de cansaço, por mais que eu descansava eu nunca estava 100%…

Depois que saí da empresa acreditei que iria me libertar de toda essa pressão e estresse, mas não foi assim. Daí que percebi que o estresse estava em mim, eu me tornei uma pessoa muito nervosa, estourada e ansiosa.

Comecei a arrumar meios de me livrar de todo esse lixo emocional que eu mesma colocava sobre mim.

Vim compartilhar as coisas que fiz (e ainda faço) e que deram certo para mim.

Posso dizer que sou uma Larissa completamente diferente do que era há mais ou menos 2 anos atrás.

Siga minhas dicas e seja uma pessoa melhor!

1- Se afaste de pessoas que reclamam de tudo

Conviver com pessoas que são viciadas em reclamar é péssimo. Essas pessoas sugam nossa energia e muitas vezes acabamos virando recalmões também!

Fuja desse tipo de pessoa, corte volta, diga que está com pressa… mas não dê ouvidos e nem participe das reclamações.

2- Seja grato

É incrível como o simples hábito de agradecer muda tudo!

Quando agradecemos acende uma chama de amor e vontade de viver dentro de nós, passamos a reclamar cada vez menos e conseguimos extrair coisas boas de cada situação que nos acontecem, sejam elas boas ou ruins.

O hábito de agradecer torna o que você tem em suficiente e abre espaço para novas experiências de vida.

3- Aprenda a dizer não

Existem pessoas que não conseguem dizer não e por esse motivo vivem frustradas, infelizes e perdem a paz simplesmente porque não querem ver o outro chateado.

Dizer sim e não faz parte da vida, e tem situações em que é melhor o outro ouvir um não seu e você ter paz de espírito, do que ouvir um sim e você ainda passar por uma baita dor de cabeça!

4- Seja gentil, inclusive com você

Seja gentil com as pessoas a sua volta mesmo se elas não retribuírem com gentileza. Faça a sua parte, e lembre-se que cada um dá aquilo que tem dentro de si.

Seja gentil com você também, se trate bem, se cuide e se ame. Você merece!

5- Aprenda com seus erros

Parece clichê mas é a pura verdade! Seus erros são sua escola, você pode aprender com eles ou ser escravo deles.

Cada erro que cometemos nos dá a oportunidade de sermos pessoas melhores, mais evoluídas.

Não se martirize quando errar, pare para pensar, conserte o erro e siga em frente. Amanhã é um novo dia.

6- Adote o hábito da meditação

A meditação me transformou de dentro pra fora. Foi uma das melhores coisas que já fiz por mim!

Depois que comecei a meditar por incentivo do meu esposo (obrigada amor!), sou outra pessoa.

A ansiedade, o estresse, a fadiga, as dores no peito, tudo isso sumiu! Hoje sou uma pessoa tranquila, que não se irrita facilmente, mansa…

Melhorei demais e até meu sono ganhou com a meditação.

7- Tenha um hobby

Eu amo desenhar e pintar, na verdade esses são meus dons naturais, eu não aprendi, eu já nasci com eles.

Mas por muito tempo e pela correria do dia a dia, acabei abandonando e deixando meus dons de lado.

Voltei a pintar e a desenhar e essas atividades me trazem paz e me tranquilizam.

Ter um hobby é muito importante, não subestime seu valor!

8- Tenha alguém em quem confiar

Mesmo que você se sinta sozinho e acredite que ninguém vai te entender e que se você se abrir com alguém essa pessoa vai te julgar, e que não vale a pena o risco, eu quero te dizer que vale!

Tem momentos em que precisamos desabafar, é necessário ou então quase morremos sufocados.

Eu também acreditava que não podia confiar meus medos e angústias a ninguém, até que a vida foi me aproximando de uma pessoa muito especial.

Hoje sei que posso me abrir com essa pessoa sem medo, e que essa pessoa foi um presente de Deus na minha vida.

Abra seu coração e permita que a vida lhe mostre a pessoa confiável e certa para esse seus momentos de angústia.

9- Exercite-se

Nem preciso falar muito sobre os benéficos do exercício físico para a saúde,né!? Inclusive para a saúde mental!

Pare de preguiça e comece, depois de um tempo você se acostuma e não vai mais querer parar.

10- Estimule seu cérebro

Se você não é tão bom em matemática, desafie-se a resolver um cálculo simples; se seu forte não é o português, interprete um texto…

Saia do conforto e do comodismo, desafie e estimule seu cérebro.

Leia um livro e tenha como meta para esse ano ler pelo menos um livro por mês. Sua mente agradece!

11- Deixe a vida te surpreender

Nós temos a falsa impressão de estar no controle, de ter o controle da situação, e quando ‘perdemos’ o controle ficamos extremamente frustrados e irritadiços.

Com esse comportamento acabamos não enxergando as coisas simples e boas que acontecem em nosso dia a dia.

Deixe a vida te surpreender e fique atento á tudo o que acontece no seu dia.

Todo dia de manhã eu falo bem alto: Vida, me surpreenda positivamente hoje!

E dá certo! Todo dia tenho motivos para me alegrar e me surpreendo realmente com a vida!

Vale a pena tentar!

Seu corpo e sua mente precisam estar em total sintonia. Eu mudei, me transformei da água pro vinho exercitando essas 11 dicas que acabei de te dar.

Hoje sou uma pessoa mais leve e alegra. Se eu consegui você também consegue!

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa 

Bjsss L.C <3

Fonte: https://www.minhavida.com.br/bem-estar/materias/12400-estresse-em-excesso-pode-levar-ao-surgimento-de-doencas-graves

Imagens: Google

O que 2018 me ensinou

2018 oficialmente começou para o blog! Os posts voltarão com força total e o conteúdo estará cada vez melhor.

Eu preciso contar para vocês como 2018 foi para mim, não poderia deixar passar…

A palavra que define 2018 para mim é MUDANÇA.

Foi o ano em que eu mais mudei. Mudei por fora, mudei por dentro, mudei de casa, mudei de profissão…

Por várias vezes me vi em situações que me “forçaram” a mudar. Situações que pediam atitudes que talvez antes eu não teria.

Eu aprendi a me libertar de diversas crenças limitantes, estava com a mente aberta para novas experiências.

Eu aceitei o novo mesmo com medo e com receio, e descobri que foi a melhor decisão que já tomei.

Me libertei de preconceitos, comecei a enxergar os outros e a me enxergar de maneira diferente. Tive um olhar de compaixão, empatia…

2018 foi o ano em que eu me desafiei a emagrecer, cuidar da saúde, do corpo e consegui! Percebi que quando queremos algo de verdade, nos empenhamos com toda a nossa força para alcançar.

Em 2018 eu perdoei e me perdoei.

Mudei de profissão, nunca me imaginei sendo maquiadora e estou amando!

Mudei de casa, foi uma mudança necessária e eu e meu esposo estamos adorando.

Tirei o cabelão comprido e aderi ao curtérrimo, amei o resultado e pretendo ficar com o cabelo curto por um bom tempo.

Fiz novas amizades maravilhosas e mantive as antigas.

Acredito que um dos motivos de todas essas mudanças em minha vida foi por causa de um livro que minha tia me emprestou.

O livro se chama ‘Você pode curar sua vida, de Louis L. Hay’.

Esse livro fala muito sobre nosso interior, das feridas, das limitações, das mágoas… E ensina como podemos realmente nos libertar de todas essas coisas que só atrasam nossa vida e nos puxam para baixo.

Depois que li o livro e comecei a por em prática os ensinamentos minha vida realmente começou a mudar. E foi só mudança atrás de mudança.

Em 2018 eu mudei para melhor, meu marido fala que sou outra pessoa.

Só tenho a agradecer o ano que passou e todos os ensinamentos que ele me trouxe. Tirei uma lição de cada momento bom e ruim.

Creio que 2019 será o ano de muitas realizações em minha vida, vida me surpreenda positivamente!!!

Como foi 2018 para você? Me conta!!

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa 

Bjsss L.C <3

Imagem: Google