Organização dos medicamentos

Dificilmente escapamos de ter uma farmacinha em casa, algum remédio a gente sempre tem.

Muitas vezes não arrumamos um cantinho só pra eles, que acabam ficando espalhados por todos os cômodos da casa.

Quando precisamos de algum remédio fica difícil de achar! O jeito é organizar tudo!

Separei algumas dicas muito úteis para a organização da farmacinha, confira:

Checar prazo de validade

Ingerir remédio vencido é no mínimo inútil. Pois ele pode não produzir o efeito esperado, pior ainda será se provocar outros efeitos. Nunca tome medicamentos fora da validade, nem aqueles que estiverem com aspecto estranho: grudentos, moles, duros demais, desbotados. Descarte nos postos de coleta nas farmácias autorizadas. Não vale jogar os remédios vencidos no vaso sanitário, nem no lixo comum!

Separar por categorias

Você pode organizar os medicamentos numa gaveta, prateleira, caixas… Aí vai depender da quantidade de remédios que você possui.

É importante separar tudo por categorias e etiquetar para saber exatamente onde está o remédio que você precisa naquele momento.
Medicamentos líquidos devem ser mantidos de pé para não vazar.

Supondo que baste um recipiente, coloque os de uso contínuo à frente, seguidos dos de uso frequente. Atrás desses vêm aqueles ingeridos esporadicamente.

Não organizar medicamentos no banheiro

O banheiro tem alteração de temperatura frequentemente e muita umidade. Nada compromete mais a integridade dos medicamentos do que esses dois vilões.

Prefira uma gaveta na sala ou um canto no armário do quarto, locais a salvo do sol, da umidade e do calor excessivo. Se houver crianças ou animais na casa, escolha um lugar que seja inacessível para eles.

*É importante ter itens de primeiros socorros em casa

Ter um kit de primeiros socorros é uma ótima forma de garantir que se está preparado para socorrer, rapidamente, vários tipos de acidentes, como picadas, pancadas, quedas, queimaduras e até sangramentos.

  • 1 embalagem de soro fisiológico a 0,9%: para limpar o machucado;
  • 1 solução antisséptica para feridas, como álcool iodado ou clorexidina: para desinfectar feridas;
  • Gazes esterilizadas de vários tamanhos: para cobrir feridas;
  • 3 ataduras e 1 rolo de esparadrapo: ajudam a imobilizar membros ou para segurar compressas no local de uma ferida;
  • Luvas descartáveis, idealmente sem látex: para proteger do contato direto com sangue e outros fluídos corporais;
  • 1 embalagem de algodão: facilita a aplicação de produtos nas bordas da ferida;
  • 1 tesoura sem ponta: para cortar esparadrapo, gazes ou ataduras, por exemplo;
  • 1 embalagem de curativo tipo band-aid: para cobrir cortes e feridas pequenas;
  • 1 termômetro: para medir a temperatura corporal;
  • 1 frasco de colírio lubrificante: permite lavar os olhos em caso de contato com substâncias irritantes, por exemplo;
  • Pomada para queimadura, como Nebacetin ou Bepantol: hidratam a pele enquanto aliviam a queimação da queimadura;
  • Paracetamol, ibuprofeno ou cetirizina: são medicamentos genéricos que podem servir para vários tipos de sintomas e problema comuns.

Pode-se também adicionar um spray de anti-inflamatório ou de frio para reduzir a inflamação provocada por lesões musculares ou articulares.

Agora que você já sabe como organizar seus remédios, bora por a mão na massa!!

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram:@matozolarissa

Facebook:Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

Fonte: https://www.micaelagoes.com.br/o-lugar-dos-medicamentos-e/ https://www.tuasaude.com/kit-de-primeiros-socorros/

Imagens: Google