Dicas da Lari

Hoje no Dicas da Lari vim indicar para vocês um livro.

Já mencionei ele no post O que 2018 me ensinou (AQUI) mas não expliquei exatamente do que ele se trata.

Nesse post vou fazer uma mini resenha do livro ‘Você pode curar sua vida’, de Louise L. Hay.

O livro se trata sobre a origem de nossas doenças e dificuldades e como lidamos com isso. É um livro rotulado como auto-ajuda.

Louise Hay traz de forma simples e didática diversas informações sobre como a nossa mente tem parte no que sentimos todos os dias e nos fazer perceber a forma como encaramos as dificuldades.

Uma das frases da autora que mais me marcou foi: somos vítimas de outras vítimas. A ideia não é pensar que sempre foi assim e nunca vai mudar, mas sim pensar que talvez o outro não saiba agir de outra maneira e cabe a nós dar um basta da forma que for possível. Não precisamos continuar propagando sentimentos ruins, apenas para descontar em outras pessoas.

Durante todo o livro, a autora passa frases e mensagens de incentivo que podem ser repetidas com frequência para nos erguermos. Você já parou para pensar quantas coisas negativas e pessimistas que falamos e pensamos todos os dias? E se tentássemos ensinar a nossa mente a pensar coisas boas? 

Não acredito que um livro vai te tornar rico, bem sucedido ou totalmente perfeito. Acredito que tudo o que lemos, vemos e aprendemos durante toda a nossa vida pode fazer parte da construção de uma vida mais saudável e feliz. A ideia é absorvermos o que é possível aplicar em nosso dia a dia e renovar nossas atitudes.

Esse livro é uma excelente ferramenta de auto cura, um livro que nos ajuda a nos livrarmos dos fantasmas que nos rodeiam.

O livro nos permite repensar os conceitos que temos sobre nós mesmo e de onde eles vieram. Qual a visão que temos de nós mesmos? Você se enxerga de uma forma boa ou ruim?

Nas últimas páginas, o livro trás uma lista de doenças e qual seria o padrão de pensamento que criou isso. Louise defende que o interior muitas vezes se exterioriza em forma de doenças. Nosso corpo fala aquilo que a boca e alma não fala, ele pede socorro.

O livro nos faz questionar sobre nossas crenças limitantes e como podemos mudar certos tipos de comportamentos.

“O passado não tem poder sobre mim”, essa é mais uma frase usada no livro pela autora. Muitas vezes os padrões de comportamentos vivem se repetindo em nossa vida simplesmente porque temos medo de mudar, mas por que resistimos à mudança se cada momento é um novo começo?

Vale a pena ler e reler o livro ‘Você pode curar sua vida’, ele chegou até mim através da minha tia Jan, foi ótimo!

Leia o livro e se você já leu conta pra mim como foi sua experiência!

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa 

Bjsss L.C <3

Fonte: https://www.prateleirasemfim.com.br/posts/livros/voce-pode-curar-sua-vida-resenha https://www.trabalhosgratuitos.com/Outras/Diversos/Resumo-Do-Livro-Voc%C3%AA-Pode-Curar-Sua-Vida-534545.html

Imagem: Google

Estante de Livros organizada

Eu amo ler e tenho o hábito da leitura desde criança, graças a minha mãe que sempre me incentivou muito. Costumo ler um livro por mês e ás vezes leio até dois livros ao mesmo tempo.

Quem ama ler sabe que acabamos comprando vários livros, ganhando e pegando emprestado, e que se bobear não sobra espaço na casa para organizá-los e guardá-los.

Isso pode prejudicar a estrutura dos livros e sua durabilidade, e fala sério… que dó!

O ideal é termos em casa uma estante reservada somente para eles. Mas com o tempo as prateleiras acabam ficando bagunçadas e não conseguimos achar mais nada.

Separei algumas dicas que vão te ajudar a otimizar sua estante de livros, olha só:

 

1- Tire todos os livros da estante

Sim, comece tirando tudo da estante e dê uma boa limpada nela e nos livros. Assim, você começa a entrar em contato novamente com aqueles livros que nunca mais havia visto e que sente saudades ou com outros que não dá a mínima importância e que nem lembrava de ter adquirido.

 

2- Decida o destino dos livros

Você terá que decidir quais livros vão ser devolvidos para seus devidos lugares e quais você quer se desfazer. Uma dica para aqueles que são muito apegados aos seus livros: separe os que não vê ou folheia há muito tempo. Se você não tiver ao menos tocado neles há mais de um ano e não tiver nenhum valor emocional, então deve seriamente pensar em doá-los ou se desfazer deles. Com o tempo, os livros vão se desgastando, principalmente os mais antigos e que mais foram lidos. Para que eles possam voltar para sua estante, eles devem ser “reformados”.

 

3- Doe, troque ou venda

Depois de separar os exemplares que não têm mais utilidade ou que não guardam nenhum carinho emocional, a tarefa agora é se desfazer. Pode-se fazer o que quiser com eles, afinal de contas eles são seus, mas para que o conhecimento – objetivo final do livro – seja propagado, vendê-los, trocá-los ou doá-los. São as melhores opções.

 

4- Organização

Existem inúmeras maneiras de organizar sua biblioteca pessoal. Vou citar algumas delas: por tamanho, número de páginas, cor, assunto, seus títulos favoritos, editora, data de publicação, data que o livro foi adquirido, seus gêneros favoritos, por autor e pelo sistema de catalogação internacional (aquela numeração que aparece na ficha catalográfica de todos os livros). Essa decisão cabe exclusivamente a você, pois depende da quantidade de livros, do tamanho da estante e da maneira como você quer organizar o seu espaço. Algumas escolhas darão mais trabalho, enquanto outras vão gerar mais facilidade para encontrar um livro.

 

Utilize essas dicas para montar uma biblioteca inspiradora e aproveitar cada vez mais o hábito da leitura: uma atividade relaxante que educa e diverte.

 

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

 

 

 

 

Fonte: https://papodehomem.com.br/como-organizar-a-sua-estante-de-livros/

http://www.tiberio.com.br/blog/decoracao/como-organizar-melhor-sua-estante-de-livros

Imagens: Google