Organização e cuidados com os Sapatos

Não dá para negar que nós mulheres somos loucas por sapatos! Duvido que você leitora tenha menos de sete pares… Eu tenho mais de 20!!!

Como os sapatos são nossa paixão (acho que até mais dos que as roupas), fiz esse post especialmente para te ajudar a manter seus sapatos sempre em ordem e com cara de novos!

Bora ver!

 

STOP!

Você costuma chegar em casa, retirar seus calçados e guardá-los? Ou então deixá-los embaixo de móveis ou em qualquer canto da sua casa? Isso não é bom! Pode parecer tentador armazenar sapatos depois de usá-los ou mesmo esquecê-los no local onde foram removidos, mas saiba que uma pequena atitude pode ser definitiva para a vida útil deles. Deixe seus sapatos arejando por, pelo menos, 12 horas depois de usados, em um local com bastante circulação de ar.

O ideal, ainda, é que você evite entrar calçado em casa, retirando os sapatos logo na entrada, e que limpe as solas com uma escova seca, para retirar toda a sujeira da rua. Depois de arejados, você pode acomodá-los em um local adequado e bem organizado.

 

DE OLHO NA LIMPEZA

Se você não tem um tempinho diário para higienizar os calçados que usa, separe uma horas na semana para cuidar de todos eles. Limpar o lado externo é um ponto fundamental para preservar a aparência. Mas, claro, cada modelo exige um tipo de limpeza diferente.

 

*Sapatos de couro

Não há material melhor para limpar do que uma boa flanela úmida. Passe-a delicadamente sobre a superfície, sem molhar demais (isso pode estragar o couro). Produtos que não são especiais para couro também não são recomendados. Além das opções especializadas, é possível utilizar métodos alternativos.

Se você possui um sapato de couro claro, com manchas que não saem, experimente passar um pouco de gasolina ou claras em neve. Já se o sapato for escuro, o ideal é limpar as manchas com a parte interna da casca da banana (sim, pode testar!). Caso o sapato já esteja mofado, utilize vaselina ou glicerina para retirar os resíduos.

 

*Sapatos de tecido

Calçados revestidos com tecido exigem cuidados e não podem ser limpos de qualquer forma, por serem mais sensíveis e suscetíveis a manchas. Evite colocá-los na máquina de lavar roupa, isso pode garantir a limpeza, mas corre-se o risco de amassar ou estragar o sapato para sempre. Prefira a higienização manual, começando com uma escova sobre a superfície seca.

Em seguida, prepare uma mistura especial para sapatos de pano: água, sabão neutro e bicarbonato de sódio. Com a ajuda de uma escova pequena, aplique a mistura sobre o sapato e passe um pano úmido para finalizar. Insira algumas folhas de jornal na parte interna, para evitar que percam a forma e deixe-os secarem à sombra.

 

*Sapatos de camurça

A camurça costuma ser um material mais delicado e mais difícil de manter limpo, principalmente se for clara. Para limpar calçados em camurça utilize escovas com cerdas supermacias. Passe-as ainda secas sobre a superfície. Para sujeiras mais pesadas, misture um pouco de água com condicionador (branco).

Caso a camurça seja clara, você ainda pode optar por utilizar uma borracha escolar para passar sobre as manchas. Manchas em camurças em geral também podem ser retiradas com miolo de pão ou algodão molhado com éter, caso sejam de gordura.

 

Mas, nem só de aparência sobrevivem os sapatos. Olhe para dentro deles e veja o quanto é essencial que estejam com bom odor, sem mofo e com o forro conservado. Para isso, vale aproveitar a limpeza externa para já cuidar da parte interna.

*Palmilhas

As palmilhas precisam de atenção, pois costumam ficar feias e gastas ao longo do tempo. Mantê-las limpas é muito importante para evitar a proliferação de bactérias. Comece retirando-as dos calçados e removendo o excesso de sujeira com uma escova. Misture água morna com sabão neutro e, com uma esponja, aplique a solução sobre as palmilhas, esfregando bem. Enxágue-as e deixe-as imersas em uma solução de água quente com vinagre por duas horas. Enxágue-as novamente e deixe secar à sombra.

 

*Mau cheiro

Se seus sapatos são novos, evite que fiquem com mau cheiro realizando todas as dicas de limpeza apresentadas acima. Aplique talco antes de calçá-los, a fim de evitar que o suor seja absorvido pelo sapato.

Caso seus sapatos já apresentem mau cheiro, você tem algumas opções para eliminá-lo. A primeira é utilizar o infalível bicarbonato de sódio: basta colocar uma colher dentro de cada sapato, deixar agindo por uma noite e retirar dos sapatos pela manhã. Outra opção é fazer o mesmo com cascas de limão e laranja ou algumas folhas de sálvia e lavanda.

 

ORGANIZAÇÃO

Depois de garantir a limpeza de seus pares, vale investir um tempo pensando no modo como você vai organizá-los. O momento pode não ser tão rápido, mas é um investimento: arrumando seus sapatos de uma forma adequada, você ajudará a preservá-los, terá uma noção sobre todos na hora de escolher e evitará bagunças desnecessárias – essas, sim, tomam tempo.

Comece escolhendo o móvel ideal. Nunca guarde seus calçados junto com suas roupas, isso não é nada higiênico. Sapatos precisam de locais específicos. A melhor alternativa é investir em uma sapateira, assim, todos os seus itens ficam à mostra, bem acondicionados e arejados.

 

Mas, não basta ter uma linda sapateira multiuso se você não souber organizar seus sapatos dentro dela. Anote essas dicas!

 

  • *Caso tenha muitos pares, um segredo é não colocá-los lado a lado, mas com um pé virado para frente e um para trás. Jamais sobreponha seus sapatos!
  • Os sapatos menores, como sapatilhas e chinelos de dedo, podem ser armazenados em uma caixa única, isso também a ajuda a economizar espaço e evita que fiquem bagunçados por terem menos estrutura.
  • As botas de cano alto precisam ser armazenadas com um enchimento interno, para que não percam a forma. Aposte em um folhas de papelão ou espaguetes de piscina cortados.
  • Ao invés de organizar os andares de sua sapateira por modelos de calçado, separe por uso: aqueles usados diariamente (esses ficam mais à altura dos olhos), usados em ocasiões especiais e os da estação oposta (que podem ficar mais “escondidos”).
  • Mantenha somente o que você usa. Separe os calçados que não usa mais e veja se ainda é possível recuperá-los ou usá-los. Se não, doe-os!

 

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://novidades.decibal.com.br/2017/07/27/cuidados-com-sapatos/

Imagens: Google