Papo de Amiga

Oi migas!

Já faz um tempinho que tenho pensado num assunto e queria compartilhar com vocês.

Vocês já se sentiram pressionadas a serem BONITAS?

Essa pergunta soa um tanto quanto estranho, mas é isso mesmo que quero perguntar. Vocês já sentiram como se tivessem a OBRIGAÇÃO de serem bonitas?

Eu já!

Estou mais perto da casa dos 30 anos do que dos 20, me considero uma mulher (jovem ainda) mas madura. E mesmo assim ás vezes me pego me preocupando com a imagem que tenho passado, e se as pessoas vão me achar bonita. Isso parece coisa de adolescente mas de vez em quando bate aquela insegurança, sabe?

Vocês também sentem isso?

Acredito que desde pequenas as mulheres sofrem pressão por parte das amigas, dos meninos e até dos pais referente a imagem.

A mídia tem grande parte dessa influência negativa. As revistas sempre vendem a ideia de que precisamos ser magras, ter a pele e cabelos perfeitos, e que não podemos ter defeitos.

 

A SuperAbril fez uma matéria acerca de uma pesquisa realizada pela organização britânica Girlguiding com cerca de 1.600 garotas entre 7 e 21 anos que mostra que 25% das meninas entre 7 e 10 anos dizem que se sentem pressionadas a terem um corpo “perfeito”.

Essa revelação assustadora vem acompanhada de uma outra: 61% das garotas entre 7 e 21 anos não se sentem bem com a própria aparência.

Enquanto as meninas deveriam brincar, elas sentem o peso que acompanha a maioria das mulheres por toda a vida. Um terço das que têm entre 7 e 10 anos afirmam que se sentem induzidas a pensar que o mais importante sobre elas é a aparência e cerca de 38% delas sentem que não são “suficientemente bonitas”.

Forte não é?!

 

Vocês estão dentro dos padrões de beleza que nos é imposto? Eu não!

Não sou alta, não magra (sou falsa magra na verdade), tenho barriguinha, tenho celulite, tenho estrias, tenho papada (que é genética)…sou uma mulher real.

Na adolescência eu era muuuito magra, era tão magra que não tinha nem a voltinha da popa do bumbum. Vivia sendo zoada pelos meus colegas e pelo meu pai também! Ele dizia: Larissa, você esqueceu a bunda no varal?

Depois fui para a faculdade e engordei bastante, isso é normal quando se tem que trabalhar e estudar. Você não tempo nem de dormir direito, quando mais para se alimentar certo.

Eu não via a hora de me formar para começar a ir numa academia. Me formei e fui para a academia.

Emagreci e fiquei com o “corpo ideal”, mas eu nunca estava satisfeita com meu corpo. Queria ficar bombada, e vivia frustrada com minha aparência.

Por várias vezes me olhei no espelho e tive vontade de chorar quando via o que ele me mostrava.

O que estou contando aqui acontece com milhares de mulheres, e pode estar acontecendo com você.

Comecei a me libertar dessa paranoia quando passei a olhar para dentro de mim e ver que eu tinha diversas qualidades que poderiam ser trabalhadas e melhoradas.

Pode soar meio clichê, mas o essencial mora sim dentro de nós.

O exterior é só uma casca, quem somos mora DENTRO dessa casca. A nossa essência vive dentro. Gosto muito do filme “O amor é cego” porque ele retrata muito bem isso, se você ainda não assistiu, assista!

Por muitas vezes me arrumei para agradar meu marido, esperando um elogio dele, e o elogio NÃO veio. Eu queria morrer quando isso acontecia e queria matar ele.

Parei com isso. Me arrumo única e exclusivamente para MIM, uso o que EU gosto, compro o que EU gosto e não fico mais esperando elogio de ninguém, porque sei que estou linda!

Amiga autoestima é tudo!

Aprenda a se valorizar e se amar como você é.

Se for para emagrecer, emagreça porque você quer. Mude a cor do seu cabelo somente se você quiser. Pare de ser refém de opiniões alheias.

Quando vier aquele pensamento de insegurança (e ele vai vir) manda ele embora, amiga!

Você é linda como você é!!!

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Redes sociais

Instagram: @matozolarissa

Facebook: Coisas de Larissa

Bjsss L.C 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.greenme.com.br/viver/costume-e-sociedade/4358-pressao-para-ser-bonita-meninas

Imagem: Google